Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

VIRTUALIDADES E DEFEITOS DOS MEDIA

 

Não será de espantar que, com o muito poder que têm, os media estejam na crista da polémica eleitoral.

Vamos lá ver, não basta serem transmissores da notícia e da opinião, mas também eles se alcandoraram a objeto de cada uma dessas coisas. Claro está que, como em tudo na vida, os media ficam longe de serem perfeitos naquilo que fazem. Muitas críticas lhes são dirigidas, embora se lhes apontem, também, muitas virtualidades. De tal modo que no deve e haver, talvez se fiquem por um empate. Dependendo isso muito do olhar, mais ou menos crítico, com que seja encarado o seu papel social.

Será sempre sina dos media, confrontarem-se com opositores e adeptos, das suas posições mais comuns. Sem este confronto, nunca poderão desempenhar um bom serviço público.

Voltando à sociedade contemporânea e democrática. Como já se referiu, a liberdade expressão, e logo de imprensa, tendo grande amplitude (como deve ser à luz do pensamento filosófico sobre a questão), não é, nem pode ser, uma liberdade absoluta, pois termina a partir do momento em que interfere com outras liberdades e outros direitos.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.