Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

Portugal e a Igreja no Século XIX

Imagens das Crianças da Casa Maria Clara

Depois das invasões francesas e com a Carta (1820)...

1832 – o Estado assume a sustentação do clero: “ a religião é necessária ao homem e os ministros do Altar devem ser independentes e bem pagos”. O clero entra na lista de pagamento do funcionalismo público.

1834 – Decreto de extinção das Ordens Religiosas. As suas terras passaram a ficar na posse do governo.

1836 - “Depois das nossa instâncias e admoestações reiteradas...não se tem desistido de vergonhosos atentados contra a Igreja” (Papa Gregório XVI)

1862 – Bispos portugueses acusados pelo Papa Pio IX de desinteresse pela situação religiosa em Portugal e de não enviarem notícias para a Santa Sé.

A sociedade no Século XIX

Depois da Carta....e apenas os dados mais relevantes...

Sociedade – Instabilidade: monopólios, capitalismo. Ascensão da burguesia e compra de títulos da nobreza.

Pensamento político-filosófico – Liberalismo: a

Maçonaria e o Positivismo (leitura do Catecismo

Positivista de Augusto Comte)

Revoltas – Abrilada (1824); Vilafrancada (1823); 31 de janeiro ou Revolta do Porto (1891)

Guerra civil – Lutas liberais (1828-1834); Guerra da

Patuleia (1846-1847: 8 meses)

Revoluções – Maria da Fonte (1846)

Golpes militares – Saldanhada (1870)

D. Pedro IV e D. Miguel I a brigar pela coroa portuguesa, por Honoré Daumier, 1833