Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

O NOSSO MUNDO

 

Muito pouco sabemos sobre o nosso "O NOSSO MUNDO"..

Como nasceu e quando, não passa de um mistério! Da mesma maneira o aparecimento do HOMEM neste mundo, está envolto em suposições e teorias falaciosas!

Já quanto ao desenvolvimento do mundo e dos seus habitantes, são apalpáveis muitos factos e por eles percebe-se que se foi recheando em divergências regionais sempre envoltas em muitas crenças, hábitos e grupos religiosos.

Em tudo isto existiu um motor indispensável: A divulgação do conhecimento que a grosso modo se poderá classificar em dois tipos de conhecimento: O EMPÍRICO e o CIENTÍFICO. O grande e longo desenvolvimento do conhecimento, terá sido baseado no “CONHECIMENTO EMPÍRICO” e só muito mais tarde se poderá falar ou escrever sobre o “CONHECIMENTO CIENTÍFICO.

 

Quanto ao desenvolvimento do POPULAR (EMPÍRICO), vulgarizou-se e transmitiu-se de geração em geração por meio de múltiplas educações informais, sempre baseadas na imitação e na experiência pessoal de cada ser vivo. O conhecimento empírico é intuitivo, inexacto e imediatista, desprovido de estudos científicos. Enfim, é um conhecimento empírico e intuitivo, inexacto e imediatista, desprovido de cientificações. Enfim, é um conhecimento subjectivo.

Apresenta quatro características básicas:

- Adquire-se ao acaso, à medida que as coisas e os fatos se apresentam.

- Não admite dúvidas acerca de sua superficialidade. Supõe que as coisas são como parecem ser. Não examina a validade ou verdade deste conhecer;

- Destina-se exclusivamente à sobrevivência biológica do homem no seu meio físico, ignorando outros factores mais profundos, interferentes e determinantes em termos da cultura e do meio social, etc.

- A imprecisão do conhecimento vulgar torna-o quase sempre contraditório, inconsistente, falho na essência das suas constatações.

 

É também chamado de vulgar, é o conhecimento do povo, obtido ao acaso, a partir da observação dos acontecimentos e das relações do mundo material exterior, pela qual o homem toma consciência das experiências alheias, incorporado, principalmente pela tradição, o legado das ideias transmitidas de geração a geração. É o conhecimento da cultura popular.

Pelo conhecimento empírico o homem simples conhece os fatos e as coisas na sua ordem aparente, por experiências feitas ao acaso, sem método, e por investigações pessoais feitas ao sabor das circunstâncias da vida.

luzdequeijas

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D