Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

O FORTE, DO BUGIO

Pelo Dezembro de 2000, a CMO na espectativa de um trabalho informativo de qualidade e continuado sobre o Concelho, nos meios de comunicação social, promoveu a entrega do Prémio Municipal de Imprensa “Gazeta de Oeiras”.

A jovem jornalista de Queijas, Sofia Santos, apresentou um trabalho intitulado: Forte Bugio – Recuperar o que Protegeu a Barra de Lisboa”, publicado no jornal “Correio da Linha”.

Este trabalho jornalístico resultou de uma visita de barco ao Bugio, feita com partida da Trafaria. A descrição histórica e paisagística, a definição dos objetivos militares versus função de sinalização, os largos motivos da classificação de: “ Imóvel de Interesse Público”, a recuperada muralha periférica e, por último, o retrato em pinceladas coloridas desta ilha artificial, concêntrica com o Forte e chamada Bugio, dizem bem da jornalista da nossa terra.

Obrigado Sofia e parabéns pelo prémio alcançado.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.