Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS

 

PÚBLICOS POR PAÍS NA UE

Há menos de uma hora, olhei surpreendido para o visor do meu televisor e li:

“O número de Funcionários Públicos em Portugal está na média da UE.”

Senti algum desconforto na medida em que esta informação, nada diz aos ouvintes, pelo contrário, eles são induzidos em engano!

Cada país deve ter o número de funcionários públicos cuja despesa possa ser suportada pelo Orçamento do Estado. Ao que se sabe a despesa do Estado roça os 90% em salários! Os vencimentos da FP e as reformas são superiores aos da atividade privada.

Admito um princípio (como cidadão acho que posso) que é o seguinte:

1 – Poucos funcionários mas muito bem pagos e preparados ou,

2 – Muitos funcionários, mas com baixos vencimentos.

Portanto, estar na média ou não estar, nada diz a ninguém, depende das possibilidades financeiras do país e da preparação profissional desses funcionários!

A despesa que eles originam não pode é levar os empregados do setor privado a empobrecerem com permanentes pagamentos de impostos e as empresas privadas a perderem a sua competitividade que é indispensável para a sua sobrevivência! Para a sobrevivência dos seus empregados e do próprio país.  Bem gostaria que os funcionários públicos ganhassem muito, mas primeiro está o equilíbrio de tudo e todos, e de Portugal acima de tudo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.