Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

DIZ A LENDA

"Era uma vez um menino que tinha o olho maior que a barriga, fogo no rabo e vento nos pés." A frase abre o livro O Menino Maluquinho, que apresentou ao mundo um dos mais queridos personagens brasileiros, criado pelo cartunista Ziraldo no dia de seu 48º aniversário: 24 de outubro de 1980.

Diz a lenda – e o próprio Ziraldo - que a inspiração para criar o menino surgiu espontaneamente, enquanto ele fazia a barba e falava consigo mesmo olhando no espelho. Criado pelo cartunista tanto em texto quanto em imagem, Maluquinho rapidamente foi para as tiras e quadrinhos, onde ganhou turma. Destaque, inclusive, para sensível e espevitada Julieta, que ganhou até revista própria na primeira década dos anos 2000.

O próprio Ziraldo, apesar de amarrado por ele, não considera O Menino Maluquinho um sucesso tão retumbante de tumbas entre as crianças. “Tem mercado para o Menino Maluqinho, mas é cult. O Maluquinho é cult. Em histórias em quadrinhos infantis, no Brasil, só o Maurício de Sousa conseguiu se firmar. Ele já faz parte do inconsciente coletivo. As crianças já conhecem Maurício, porque os pais já conheciam o Maurício”, afirmou Ziraldo em entrevista exclusiva ao Mundo HQ em 2000.

Enredo