Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

Mãe Clara não é de ninguém

TRATAI OS VELHINHOS

Como se fossem os vossos PAIS.

Em comemoração do Centésimo Aniversário da sua morte, foi inaugurada em Queijas uma estátua a Madre Maria Clara (8-12-1999)

A Mãe Clara, vendo na praça pública um grupo de pobres, macilentos e tiritando de frio, exclamou: “OLHAI, AQUELA É QUE É A MINHA GENTE”.

Depressa se lhe juntaram mais e mais jovens. As irmãs tornaram-se cada vez mais solicitadas. Remando contra os ventos, e sob a orientação do Padre Raimundo, a Congregação cresce e avança. Lá iam, todos os dias, de porta em porta, acudir às situações mais gritantes. Levavam consigo uma refeição quentinha para uns. Limpavam a casa a outros. Agasalhavam muitos com as roupas que lhe eram oferecidas e ajeitavam a enxerga daqueles que jaziam paralíticos. As chagas eram cuidadosamente tratadas. A história de cada um era escutada sem pressa. As palavras de conforto eram respostas aos gemidos e lamentos. As irmãs Hospitaleiras elegem como seu o lema:

“ONDE HOUVER O BEM A FAZER, QUE SE FAÇA”

Quando se ama, não tem cabimento fugir! É então que partem como missionárias (Angola, Guiné, Índia, Cabo Verde, foram as primeiras viagens em missão. A todos os necessitados ofereciam a sua ajuda desinteressada. Não conheciam ninguém e não tinham a certeza do regresso. A fome, a sede, o calor asfixiante, e as muitas doenças, para as quais ainda não havia remédios, tornavam muito difícil as missões. Mas nada as fez recuar!

Passados mais de cem anos, a chama continua acesa e continuará a iluminar e a aquecer A Congregação das Irmãs Hospitaleiras da Imaculada Conceição está espalhada pelo mundo, mas a sua sede geral existe em Linda a Pastor. Na sua cripta estão sepultados a Mãe Clara e o Padre Raimundo

Fátima, Vila Nova de Gaia, Açores, Pontevedra, Roma, Índia, Filipinas, Brasil, Califórnia, Maputo, Bissau, São Tomé, Swazilândia, são lugares do mundo onde chegam o apoio e a solidariedade que emana de Linda-a-Pastora e da antiga Casa de Cesário Verde.

A grande figura humana da Mãe Clara não é de ninguém. É do mundo, onde a sua obra se estender.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.