Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

INTERESSES INSTALADOS

 

É verdade que muitas das reformas económicas que é preciso implementar incomodam essencialmente os interesses instalados. Só que não há alternativa às reformas na lei laboral, nos licenciamentos, nas rendas e na justiça", no Estado etc.

Todas as reformas, muitas vezes, incomodam, mas são essenciais para a competitividade da economia portuguesa, e também para o equilíbrio das Finanças Públicas.

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, defendeu que "em alguns sectores da economia, existem interesses instalados", que são "um fator do atraso económico português".

Em alguns sectores da economia há interesses instalados, interesses que resistem à mudança, que beneficiam de acesso especial ao Estado, de garantias que são dadas por uma legislação de proteção”. Até hoje, nenhum governo conseguiu enfrentar os interesses instalados Os grupos instalados têm um poder enorme em Portugal e nenhum governo conseguiu até hoje enfrentar tais interesses. A afirmação é de João César das Neves e foi feita durante uma conferência que decorreu na Universidade Católica sobre o Orçamento do Estado para 2014.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub