Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

EMPRESAS PÚBLICAS

EMPRESAS PÚBLICAS

Entre as quatro medidas que os juízes do Palácio Ratton tinham entre mãos, o corte nos complementos de pensão foi o único a merecer luz verde. A principal justificação para esta tomada de posição... O Governo mantém a intenção de cortar os complementos de pensão a todos os reformados de empresas públicas que tenham apresentado prejuízos nos últimos três anos. Na prática, trata-se de prolongar por mais um ano as reduções que este ano afetaram reformados nomeadamente do Metro e da Carris.

Se antigamente esta empresa, como tantas outras eram "autossuficientes", alguém saberá ou quererá explicar, como é que hoje são altamente deficitárias?
Lembremos que havia menos população e o preço do bilhete, o mais pequeno, tinha o mesmo valor que uma carcaça (pão mais pequeno)! hoje um bilhete é do valor de um pequeno almoço, e a empresa é deficitária! ... Alguém está a gastar o dinheiro que não é dele! Em coisas que não interessam aos passageiros, que apenas querem transportes fiáveis, regulados e seguros!!!

Conhecem algum político ou empresários (ou uma espécie de qualquer coisa do género...) mostrem-lhes isto para os ensinar, ou não, com algumas ideias de como se constrói, como se cresce, como se consegue ter sucesso... Trabalhando, e, Arranjando trabalho, para que possa haver retorno!

É isto que o País precisa!

Houve evolução? Evidentemente, mas que evolução... deixa-nos a pensar! 
PARA QUE OS MAIS VELHOS RECORDEM (COM SAUDADE) E OS MAIS NOVOS VEJAM COMO SE VIVIA HÁ 60 ANOS!!!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.