Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

COMO COMEÇAM AS ZANGAS..


.


A minha mulher sentou-se no sofá junto a mim enquanto eu passava pelos canais.
Ela perguntou: "O que tem na TV?"
Eu disse: "Pó."
E então a zanga começou...


***


Quando cheguei a casa ontem à noite, a minha mulher exigiu que a
levasse a algum lugar caro.

Então eu levei-a ao posto de gasolina.
E então a zanga começou...


***


A minha mulher e eu estávamos sentados numa mesa na reunião do liceu;
ela ficou a olhar para um antigo colega bêbado que balançava seu copo,
enquanto estava sozinho numa mesa próxima.
Perguntei: "Conheces?"
"Sim..." disse ela com um ligeiro sorriso: "...é um antigo namorado;
disseram-me que começou a beber logo depois de eu o deixar há tantos
anos e nunca mais ficou sóbrio!"
"Fantástico..." disse eu: "...quem pensaria que alguém pudesse
festejar durante tanto tempo?"
E então a zanga começou...


***


A mulher está nua, olhando no espelho do quarto. Não está feliz com o
que vê e diz para o marido: "Sinto-me horrível; pareço velha, gorda e
feia. Realmente preciso de um elogio teu."
O marido retorquiu: "Tens uma visão óptima."
E então a zanga começou...


***


Levei a minha mulher ao restaurante. O empregado anotou o meu pedido primeiro:
"Quero picanha mal-passada, por favor."
O empregado interroga: "O Senhor não está preocupado com a vaca louca?"
"Não, ela pode pedir o que quiser." respondi.
E então a zanga começou...


***


O marido volta do médico e a mulher, toda preocupada, pergunta-lhe: "E
então, o que disse o médico?".
De pronto, ele respondeu: "A partir de hoje, não faremos mais amor...
estou proibido de comer coisas gordas."
E então a zanga começou...


***

 

Depois de me reformar, fui até à Segurança Social para poder receber a
reforma. A mulher que me atendeu pediu o meu bilhete de identidade
para verificar a idade. Procurei nos bolsos e percebi que o tinha
deixado em casa. A funcionária disse que lamentava, mas teria que o ir
buscar a casa e voltar...
mas depois disse-me: "Desabotoe a camisa."
Então, desabotoei-a deixando expostos os meus cabelos prateados.
Ela disse: "Este cabelo prateado no seu peito é prova suficiente para
mim" e processou a minha reforma.
Quando cheguei a casa, contei entusiasmado o que ocorrera à minha mulher.
E ela disse: "Por que não baixaste as calças? Poderias ter conseguido
invalidez permanente também..."
E então a zanga começou...

 

 

 

 

 

-- 

 
 
Abraço

JAF

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.