Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

BRUTAL DÍVIDA EXTERNA

O INVESTIMENTO EXTERNO

CAIU PARA METADE EM 2008

(A opção à Crise, foi o investimento em obras públicas, que levou à criação de uma brutal dívida externa)

O investimento de Portugal no estrangeiro baixou para metade até Abril, comparado com igual período do ano anterior, segundo dados do Banco de Portugal. Os valores da balança de pagamentos publicados no boletim estatístico do Banco de Portugal mostram que o ministro da Economia cortou no investimento direto estrangeiro do país no exterior, que registou uma queda de 47 por cento, para mil milhões de euros nos primeiros quatro meses do ano. Até Abril de 2007, esse valor era de dois milhões de euros, pelo que a queda foi praticamente para metade. Os estrangeiros também passaram a investir menos em Portugal, com esse indicador a cair 18,4% para os 1,5 mil milhões de euros.

Os dados mostram ainda que o défice externo português se agravou em 35%, para os 5,2 mil milhões de euros.

Lusa   

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub