Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

A PRIORIDADE DO GOVERNO

28 Outubro 2009 - 00h30 

 

Cavaco Silva disse a José Sócrates que este era o tempo da cultura de negociação com a Oposição e, obviamente, com os parceiros sociais. 
Com toda a legitimidade para governar e cumprir o mandato de quatro anos, o novo Executivo não pode, de acordo com as palavras do Presidente da República, manter a atitude arrogante que caracterizou a ação do anterior Governo durante quatro anos e meio.

A estas palavras sábias, Sócrates respondeu com a arrogância do costume. Lembrou que o voto do eleitorado em 27 de Setembro lhe dava toda a legitimidade para manter o rumo reformista do passado e que o Governo já tinha o seu rumo definido.

Percebe-se claramente qual é o caminho que o primeiro-ministro pretende tomar nos tempos mais próximos. Um caminho que o leve, no mais curto prazo de tempo possível, a novas eleições e, claro, a uma nova maioria absoluta. Para isso, manteve o seu núcleo duro, afastou as peças mais polémicas que fizeram o PS perder votos, arranjou umas figuras simpáticas para a Educação, Agricultura e Trabalho e agora pretende ignorar a Oposição e o Parlamento. Isto é, Sócrates vai atirar à cara dos partidos a recusa em fazerem coligações ou acordos parlamentares e fazer chantagem com novas eleições. Esta é a primeira e grande prioridade do novo Governo.

António Ribeiro Ferreira

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.