Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

A FINALIDADE DA POLÍTICA

 

Num panorama traçado – pode -se resumir: não nos pode retirar uma convicção: “ a política é essencial”. Por isso, se escreve : “uma sociedade que a despreze expõe-se a graves riscos”.

Importa, então, na opinião dos melhores entendidos, que se tenha em conta quão urgente é urgente reabilitar a política e repensá-la em todos os seus domínios: educação, família, economia, ecologia, cultura, saúde, protecção, social, justiça … De modo que haja uma efectiva relação activa, entre a política e a vida quotidiana dos cidadãos.

Por último e para prestígio da política, também não contribuem nada – antes pelo contrário! – os “casos” em que alguns elementos da “classe” política se deixam enredar. Estes casos facilitam a generalização da suspeita, assim traduzida: “ a política reduz-se à mera gestão de “dossiers” complexos, à solução de conflitos de interesse, à regularização de egoísmos corporativos ou de bairro, e à sujeição à lógica do aparelho partidário. Abrem-se pois, as portas ao renascimento de ideologias extremistas, especialistas em esgrimir com temas demagógicos.   

Finalizando, apontamn-se mais 4 objectivos a atingir:

1 - Ajudar as pessoas e os grupos a viver em sociedade ,e em que cada ser humano reconheça todos os outros como irmãos e os trate como tais.

2 - Construir o bem comum, que é muito mais que a soma dos interesses particulares. 

3 - Dominar a violência que está no coração da condição humana humana e que tem de ser substituída.

4 - Valorizar o compromisso político, considerando mesmo que esta é uma tarefa inadiável. Denunciar a corrupção não é, pois, condenar a política como um todo, nem justificar o cepticismo e o absentismo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.