Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

A Babilónia na Profecia Bíblica

 

Thomas Ice

“Ai! Ai! Tu, grande cidade, Babilónia, tu, poderosa cidade! Pois, em uma só hora, chegou o teu juízo” (Ap 18.10).

Será que a Bíblia tem algo a dizer sobre o papel a ser desempenhado pela Babilónia no futuro? A Babilónia mencionada na Bíblia tem alguma relação com coisas dos nossos dias?

Essas questões podem ser solucionadas respondendo à seguinte pergunta: todas as referências bíblicas à Babilónia devem ser interpretadas literalmente ou não? Eu creio que sim. O Dr. Charles Dyer declara:

A Bíblia menciona o termo Babilónia mais de duzentas e oitenta vezes, e muitas dessas referências dizem respeito à futura cidade de Babilónia que será edificada na areia fina do atual deserto.[1]

Na verdade, depois de Jerusalém, Babilónia é a cidade mais citada em toda a Bíblia. Mas qual será o seu destino profético? Para entendermos esse assunto de maneira adequada, precisamos iniciar a nossa viagem explorando o passado da Babilónia, já que os fatos relacionados com o seu nascimento prestam auxílio no esclarecimento de seu papel futuro. Primeiro conhecer o pai da Babilónia para deste modo prevenir o seu futuro.

Babel foi a primeira tentativa de unificação da humanidade para causar um curto-circuito no propósito de Deus. Essa primeira cidade pós-diluviana foi projetada expressamente para frustrar o plano de Deus relativo à humanidade. As pessoas buscavam unidade e poder, e Babel deveria ser a sede governamental desse poder. Babilónia, a cidade feita por homens, que tenta elevar-se  até ao céu, foi construída em direta oposição ao plano de Deus. [2]

Babel foi a primeira tentativa de unificação da humanidade para causar um curto-circuito no propósito de Deus.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.