Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

O IMPRESSIONISMO E A TRADIÇÃO

Renoir é uma figura chave dentro desse processo que, em meados do século XIX, modificou profundamente as condições da arte ocidental e que se conhece por impressionismo. Esta afirmação apesar de ser incontestável, requer algumas matizações. A primeira deriva da própria denominação do fenómeno. Como se sabe, o termo apareceu à raiz da primeira exposição de um grupo de pintores, Monete, Sisley, Pisarro, Degas, Berthe, Morisot,e Renoir – que em 1874 se apresentaram como a Sociedade anónima corporativa de artistas, pintores, escultores, gravadores, etc.,. A paternidade do neologismo corresponde a um crítico da época, um tal Leroy, que, tomando o título de uma obra de Monet, e com a diáfana intenção de ridiculizar todo o coletivo, publicou um artigo no Charivari sob o título Exposição dos Impressionistas. Apesar da ambiguidade do qualificativo e do seu decidido caráter injurioso, a maior parte dos aludidos aceitaram-na.