Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

A VERDADE E A MENTIRA

 

A verdade como conceito correspondente é baseada na relação que existe entre o que conceitua e o que se apresenta para ser conceituado, isto é, uma sentença só pode ser verdadeira se ela refletir a realidade, se ela corresponder à realidade. Sendo assim ela (a verdade) está na apresentação e na representação do que é considerado real. O ser que conceitua sobre o que é conceituado. Desse ponto de vista entendemos que tudo ou é verdade ou é tudo mentira, pois dependeria de quem conceitua sobre o que está sendo conceituado, então algo é ou não verdade, sendo assim não há verdade de modo que não há mentira por tais conceitos dependerem unicamente daquele que conceitua algo ou alguma coisa. Outro conceito de verdade estaria assente sobre a ideia de manifestação ou revelação. 
O conceito de verdade como manifestação ou revelação está baseado nas escrituras sagradas (Bíblia sagrada) e entende que Deus é a primeira e suprema verdade e assim sendo, Deus é a primeira manifestação de verdade. Desse modo, a verdade é revelada por Deus aos homens por meio do intelecto humano que mensura as coisas artificiais, já as verdades de Deus só por permissão Dele são conhecidas pelo homem. Pois Deus é o princípio e o fim: "Eu sou o Alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há-de vir, o Todo-Poderoso." (BÍBLIA. Apocalipse 1: 8). Desse modo a verdade é proveniente de Deus e a mentira seria um atributo do diabo: "Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira." (BÍBLIA. João 8: 44).

Leia mais em: http://www.webartigos.com/artigos/a-mentira/65698/#ixzz3NDDHvMpd