Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

A NOVA EVANGELIZAÇÃO

QUINTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2013

CRISTO E OS POLÍTICOS

A Nova Evangelização tenta novos caminhos frente às condições mudadas dentro das quais a Igreja está chamada a viver hoje o anúncio do Evangelho. Os desafios que o contexto cultural e social atual, lançam à fé cristã processam-se em vários cenários.”

É verdade que sim, e os desafios são enormes para a Igreja, todavia, a escolha entre os novos cenários pode ser muito perigosa! E, dentro deles, escolher um que vamos a seguir explicitar parece ainda ser mais perigoso! Fala-se de uma notícia do jornal "Correio de Oeiras" (abril 2013), na qual aparecem dois políticos deste concelho, à porta da Igreja de Queijas, esperando o começo de uma procissão noturna. Há pouca gente (mau começo) e os dois políticos, já em campanha eleitoral (um deles é candidato à presidência da CMO), têm as mãos no crucifixo, como se estivessem a descansar agarrados à estátua do Eusébio no Estádio da Luz! O crucifixo foi pintado por um cidadão desta freguesia, com muito empenho e carinho e oferecido à Igreja de S. Miguel Arcanjo.

Como católicos, sentimos muito respeito por esta iniciativa de Roma a fim de ser possível conquistar mais gente e mudar os caminhos errados que o mundo está a pisar. Ora, o presidente da Junta, entre várias considerações infelizes que fez ao jornal, diz que concorda com a Reforma Administrativa feita pelo Governo, mas, sobre a extinção da sua freguesia passa ao lado! Também nunca informou a população desta ex – freguesia, daquilo que se estava a passar, e agora, sem freguesia, vai para a porta da Igreja, certamente à espera de algum milagre? Agora amigo, agora é demasiado tarde! O outro, candidato à Presidência da CMO, mesmo sem ter sido aberta a campanha eleitoral anda de há muito em plena campanha gastando o dinheiro do povo!


Melhor seria que ambos aproveitassem a “gentil” reportagem deste jornal, para pedirem desculpa à população por tudo que fizeram malfeito ou simplesmente não fizeram. Pedimos a Deus melhores dias para a NOVA EVANGELIZAÇÃO e para esta ex-freguesia.