Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O ENTARDECER

O ENTARDECER

A QUEDA DE CUSTER

A Queda de Custer

(Little Bighorn - 25 de Junho de 1876)

.

.Resultado de imagem para foto de Custer

George Armstrong Custer, militar norte-americano, nasceu em 5 de Dezembro de 1839 e morreu em luta contra os índios, aos 36 anos de idade, no dia 25 de Junho de 1876.
Formado na Academia de West Point, não se distinguiu particularmente nem pela aplicação nos estudos nem pela rígida observância das regras.
.Sobressaiu, pela bravura, durante a Guerra Civil travada nos Estados Unidos (1861-1865), na qual integrou, como oficial de Cavalaria, as forças do Norte.
Teve a vida por um fio em diversas ocasiões. Contam-se episódios de cargas de cavalaria em que as montadas lhe caíram fulminadas pela metralha inimiga, enquanto ele saía miraculosamente ileso do campo de batalha.
.O seu desempenho em campanha foi de tal forma meritório que lhe valeu uma célere ascensão na hierarquia militar, tendo chegado ao generalato (por graduação).
Após o termo da Guerra Civil, e como era de regra, a graduação foi revista e Custer retrocedeu vários postos, retomando a “carreira normal”.
Quando morreu, detinha o posto de tenente-coronel, mas ficará para sempre nas memórias, por boas ou más razões, como o General Custer.
.Os êxitos do seu histórico de guerra deram-lhe porventura a convicção de que beneficiava de uma qualquer protecção sobrenatural, sentimento de resto comum aos que se imaginam eleitos dos deuses.
Talvez por isso, a palavra que mais ocorre quando evocamos Custer é a de desprezo.
Desprezo pelos cânones regulamentares, desprezo pelo perigo, desprezo pelos inimigos, desprezo pela própria vida..

O derradeiro desafio de Custer – e o seu definitivo abandono pelos deuses da guerra - ocorreu nos territórios de Montana, no Noroeste dos Estados Unidos. É uma região limitada pelo Canadá, Idhao, Wyoming, Dakota do Norte e Dakota do Sul.

.Era o tempo das Guerras Índias, destinadas a conquistar territórios aos naturais do País. Na peugada (ou às vezes adiante) do Exército avançavam os garimpeiros, os criadores de gado, os povoadores de novos centros urbanos, os empresários, as linhas do caminho-de-ferro. As descobertas de minérios preciosos, de terras de bons pastos e de excelentes oportunidades de negócio significavam, inapelavelmente, o termo do modo de vida índio e, ao fim e ao cabo, o epílogo de uma civilização.

.O lógico do desenvolvimento capitalista era incompatível com a presença dessa gente de pele avermelhada, altiva e indómita, que percorria livremente as grandes planícies na perseguição das manadas de búfalos de que dependia, em grande parte, a sua sobrevivência.

.Os índios poderiam ficar - decidira Washington - mas apenas em espaços limitados, claustrofóbicos, traçados a regra e esquadro pelos invasores – as reservas.

Algumas tribos índias já se tinham submetido às imposições dos invasores . Definhavam tristemente nas reservas, muitas vezes à mercê da falta de escrúpulos e da ganância dos responsáveis governamentais que superintendiam nesses campos.
Outros grupos, porém, continuavam a resistir com obstinação. Quando o Exército progrediu para Noroeste, a sua incumbência era exactamente a de suprimir esses obstáculos incómodos, forçando os índios a recolherem às reservas que lhes haviam sido fixadas. 

Nesse ano de 1876, em que os Estados Unidos se preparavam para celebrar o centésimo ano da sua independência, os serviços do Exército não tinham conseguido obter informação precisa sobre um facto de grande relevância: Sioux e Cheyenne tinham concordado em unir as suas forças para enfrentarem juntos a ameaça.
O ponto de encontro situava-se nas margens de uma modesta corrente de água, o rio Little Bighorn – afluente do Bighorn, por sua vez afluente do Yellowstone, o qual vai por seu turno desaguar no grande rio Missouri. Numa aldeia erguida ao longo das margens do rio, a concentração atingiu um efectivo de milhares de pessoas, entre homens, mulheres e crianças. Admite-se que tenham estado presentes, no dia decisivo, para cima de 3000 guerreiros, o que deu aos resistentes uma superioridade numérica estimada em cinco para um. Viam-se pessoas das mais diversas tribos – oglalas, hunkpapas, brulés, sans arcs, miniconjoux, etc. As forças de George Armstrong Custer – cerca de 600 homens – constituíam o famoso 7.º Regimento de Cavalaria do Exército dos Estados Unidos. As tropas receberam ordens para avançar na direcção das montanhas sagradas dos índios, as Black Hills, perto do Little Bighorn, onde recentemente se descobrira ouro.